Home Notícias Reunião Ampliada discute Pronto Atendimento para Usuários de Drogas

INSTITUCIONAL

MEMBROS

LICITAÇÕES

LEGISLAÇÃO

EDITAIS

LRF

TRANSPARÊNCIA

TRAMITAÇÃO DE MATERIAS

DOWNLOADS

COMUNICAÇÃO

LOGIN


Reunião Ampliada discute Pronto Atendimento para Usuários de Drogas
Qui, 27 de Novembro de 2014 15:55

A Câmara Municipal de Florianópolis, no âmbito da Frente Parlamentar de Combate e Prevenção ao Uso de Drogas, realizou nesta quinta-feira, 27 de novembro, Reunião Ampliada para discutir a implantação de um pronto atendimento para dependentes químicos.

O Tenente-coronel, Ricardo de Souza, citou algumas das ações da Polícia Militar para combater o uso de drogas ou auxiliar usuários a deixar o vício. Destacou, por exemplo, o Proerd que atua nas escolas públicas e privadas e desde sua criação em 1988 formou mais de um milhão de jovens, mostrando aos estudantes os males causados pelas drogas e orientando as famílias a também serem parceiras no sentido de manter os filhos longe de qualquer dependência química.

Além do Proerd, a Polícia Militar promove também o Projeto “Crack é Preciso Vencer”. Os policiais identificaram os locais que, geralmente, são usados pelos usuários de drogas. A abordagem é padrão e caso a pessoa esteja com arma ou com uma quantidade de drogas, vai responder criminalmente. Mas, caso não seja essa a condição, o usuário é encaminhado para a Secretaria de Saúde.

A Secretaria Municipal de Saúde esteve presente no encontro sendo representada por Renata de Cerqueira Campos que destacou que o Município conta atualmente com dois Centros de Atenção Psicossocial (CAPs), um na Ilha e outro no Continente. No entanto, admitiu que é preciso avançar e destacou a Portaria 3088/2011, do Ministério da Saúde, que determina que os hospitais tenham atendimento 24 horas para receber dependentes químicos. Norma que não é cumprida em Florianópolis.

O presidente da Câmara Municipal de Florianópolis, Jerônimo Alves (PRB), requerente da Reunião Ampliada, salientou que é necessário unir todas as forças para conseguir a implantação de um pronto atendimento para tratar os usuários de drogas. “Vamos fazer um mutirão para elaborarmos projetos e ações que possam dar uma segunda chance a estas pessoas que estão presas ao vício”.

 

©2011 - Desenvolvedor - Software Livre - Joomla